Como ter segurança e não ter medo me deu fluência?


Danilo Dias no Chile com Palácio La Moneda ao fundo

Como estudar inglês me deu mais segurança?

O assunto de segurança ao estudar outro idioma é algo bem pessoal. Neste artigo irei relatar um pouco das minhas experiências e como elas me ajudaram a melhorar e a me tornar fluente nos idiomas que falo. Atualmente falo três idiomas: inglês, espanhol e farsi (persa), o idioma falado no Irã. E ensino o Português que é a minha língua mãe, inglês e espanhol.

Comecei a estudar inglês muito jovem, digo criança. Aos oito anos de idade, vi uma promoção em uma escola de inglês e eu mesmo preenchi a ficha e telefonei para que meu pai fosse acertar os detalhes, ele, mesmo sem acreditar no que eu tinha feito pelo simples fato de ser muito novo, foi até o instituto e me matriculou. Comecei no primeiro nível para crianças e logo, fui desenvolvendo o inglês e isso me ajudou a ganhar mais segurança para começar a estudar espanhol.

No terceiro ano de inglês, resolvi me matricular no curso de espanhol e passei a estudar os dois juntos, eu ficava praticamente o dia todo na escola de idiomas.

Sempre me metia a falar com estrangeiros que encontrava na rua, bastava escutar alguém falando inglês e espanhol, eu me prontificava a perguntar se estavam necessitando de algo, simplesmente para pôr em prática o que havia aprendido no curso.

Fui crescendo, com quatorze anos já havia começado a dar algumas aulas particulares, e para melhorar ainda mais para os meus alunos, comecei a comprar e a estudar muitos materiais de inglês e espanhol, temas e assuntos que não havia estudado no curso. Aos 16 anos de idade, trabalhei como intérprete em uma igreja batista na cidade onde moro, passei a interpretar sermões, aulas, explicações etc.

Aos vinte anos de idade, comecei a trabalhar como tradutor e interprete em uma empresa de armazéns frigoríficos que estocava carnes para exportação, trabalhei durante dois anos. Foi uma experiência incrível, pois os clientes eram iranianos, e com isso aprendi o farsi o idioma nativo deles.

No Chile, trabalhei como professor de inglês, espanhol para Brasileiros e Português, uma experiência sem igual, dei aulas em repartições públicas de português e inglês.

Bom, concluindo, tudo isso só pôde ser possível através da audácia e atrevimento que tive enquanto estudava, a segurança que ganhei e não ter medo de cometer erros e sempre querer melhorar me fizeram mais fluente. Hoje, ensino idiomas com um método próprio criado por mim mesmo à várias pessoas em países diferentes.

Pense nisso, estude, se atreva, nunca deixa ninguém lhe enganar com palavras vãs. Você pode e você consegue. Estude com quem realmente possa te ajudar.

#segurança #medo #atrevimento #inglês #espanhol #fluência #melhorar #desenvolvimento #língua #audácia

Artigos Em Destaque

Arquivo

Artigos Recentes